sábado, 13 de outubro de 2012

As extremidades entre céu e inferno abordadas de forma extremamente original



O que seria de cada um de nós se nos deparássemos com a nossa própria alma e tivéssemos que conviver com os paradoxos entre o bem e o mal? Bendito Maldito, novo livro do autor Newton Cesar, trata o assunto entre o Deus e o Diabo que carregamos conosco de maneira nunca antes imaginada.

Publicado pela editora Novo Século, o livro tem literalmente duas partes: o lado bom e o lado mal.  O lado bom, Bendito, que traz as páginas brancas, é muito engraçado, cativante. Com um clima cinematográfico, a narrativa flui de um jeito que torna-se impossível parar a leitura.

O lado mal, Maldito, de páginas negras, é pesado, intenso, perverso. Um suspense capaz de provocar muito medo. Igualmente viciante, mesmo tomado pelo pavor, o leitor não consegue parar de ler.

Bendito Maldito conta a mesma história, com o mesmo personagem, sob dois pontos de vista extremos. São dois livros em um. Deusidário, que trás em seu nome a palavra Deus, vive situações inusitadas no momento em que resolver vender a alma para o diabo. Na parte do Bendito, ele, que já perdeu tudo (mulher, emprego, dinheiro) se vê obrigado a cumprir os 10 mandamentos do diabo para que este lhe compre a alma.

A partir daí, a alma boa de Deusidário aparece para ele para tentar impedir a venda. O protagonista, cativante, vive situações muito engraçadas com a sua alma entre o fazer ou não fazer as maldades impostas nos mandamentos. O final do Bendito é completamente inesperado.

Já na parte do Maldito, Deusidário, que guarda alguma bondade em seu coração, é perturbado por sua alma má. Esta aparece para ele a fim de fazer com que ele cumpra os mandamentos do Diabo e cometa as maiores atrocidades, entre elas, matar 666 pessoas, de preferência mulheres.

Intenso. Chocante. Perturbador. Muitos seriam os adjetivos para o Maldito. De todo modo, uma coisa é certa, o livro leva o leitor com maestria a desfrutar as duas extremidades entre comédia e tragédia.

Ficha técnica:

ISBN: 978-85-7679-711-1
Páginas: 216 (Bendito – 112 pgs / Maldito – 104 pgs)
Formato: 16x23cm
Peso: 0,24Kg
Acabamento: Brochura
Preço: R$24,90

Fonte: Pollyanna Matos/Lilian Comunica
Imagem: paixaoporlivros-vick.blogspot.com

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Eleição 2012 é marcada por ofensas e ataques



Aprendi com o tempo que a palavra cultura engloba inúmeros aspectos do cotidiano. Existe cultura artística, cultura esportiva, cultura agrícola, etc. Então logicamente, existe também cultura política. E após as eleições municipais, em muitas cidades já decididas em primeiro turno, não poderia me furtar de expor meu pensamento acerca do que vi e ouvi nesse pleito, principalmente nas cidades que mais acompanhei: Frutal, Uberlândia, Uberaba, Araguari, Ituiutaba e São Paulo. Vou citar fatos sem citar o local em que eles supostamente teriam acontecido nem os possíveis envolvidos, uma vez que o objetivo deste artigo é apenas expressar minha humilde opinião, e não entrar na onda de “denuncismos”.

Achei que, mais de 20 anos após as primeiras eleições diretas, com o retorno da democracia na década de 80, nós (povo brasileiro) tínhamos aprendido a ser mais polidos, inteligentes e minimamente civilizados. Pelo jeito não. O que se viu foram ataques a honra deste ou daquele candidato, bem nos moldes da corrida presidencial de 1989, com ofensas pessoais entre os então candidatos Fernando Collor de Melo e Luís Inácio da Silva (que, na época ainda não tinha o apelido Lula acrescido no nome). Anos depois, o que parecia impossível aconteceu. Lula e Collor firmaram aliança, assim como o Partido dos Trabalhadores (PT) se aliou ao Partido Progressista (PP). Da mesma forma, os Democratas (antigo PFL e PDS) formaram uma das mais importantes coligações com o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), antes um partido de ideais socialistas.

O inimigo de meu inimigo é meu amigo, diz o ditado popular. Afirmo que inimizades não deveriam existir, então poderia parafrasear livremente da seguinte forma: meu adversário hoje poderá ser meu aliado amanhã. Isso é o que mais se vê na política. Nós deveríamos ter aprendido isso com o tempo, com os pleitos passados, eleições vencidas e perdidas, campanhas e militância. Aliás, militância intolerante e exacerbada foi o que mais se viu (novamente, diga-se de passagem) nessas eleições. A falta de respeito tomou conta de redes sociais, com antigos amigos tornando-se inimigos por conta de ideais e candidatos diferentes. Muitos brigaram, xingaram, ofenderam e perderam amizades antigas, magoaram e foram magoados. Pura bobagem. Daqui há alguns anos, os candidatos rivais poderão estar no mesmo palanque enquanto os brigões ficam com cara de taxo.

Isso é normal e diria que até salutar na política. Estamos sempre em evolução e devemos de ter o direito de mudar de opinião sobre todos os assuntos da vida. Um projeto que não concordo hoje pode vir a ser interessante no futuro e me dou o direito de pular de lado. Isso serve para todos, é a dinâmica da vida. Não quero justificar traições de ninguém. Quando alguém se propõe a fazer algo, que o faça. Mas as ideias, os projetos, os planos podem mudar conforme o rumo que as coisas tomam. Isso deve ser feito com responsabilidade, transparência e honestidade. Não com truculência e inconseqüência.

Denúncias de compra de votos, superfaturamento, pesquisas encomendadas com resultados tendenciosos, caixa dois, ofensas pessoais, campanhas e propagandas irregulares, tudo isso vi e ouvi durante o período eleitoral. Em muitas delas até acredito, por serem de fontes confiáveis. Mas sem provas não há o que fazer.  Os adversários políticos (agora até inimigos) preferiam inundar as caixas de correios e timelines de redes sociais com denúncias baixas e ofensas do que trabalhar na obtenção de provas para as referidas denúncias. E com isso, quem perde não é o candidato A ou B, e sim, todos nós, que nos vemos atolados em discussões infrutíferas, enquanto poderíamos nos aprofundar nos projetos propostos por cada coligação e fazer a escolha que melhor nos apetecesse.

Fica aqui o meu desabafo ao ver campanhas diversas com péssima qualidade, mal organizadas e ridiculamente planejadas e executadas, enquanto as militâncias dos lados opostos se engalfinhavam nos meios de comunicação tidos como “oficiais” e nas redes sociais. Bobagem, na minha humilde opinião, seja de que for. Mas também respeito quem discorde. Afinal, democracia de verdade se faz assim. Concordando, discordando, debatendo e resolvendo os problemas da sociedade. E não com difamações, denuncismo, calúnias, ofensas e desrespeito ao próximo. Fica o meu repúdio a esse tipo de atitude.

Imagem: feijoadapolitica.com

A Negociação tem estreia prevista para 19 de outubro


A Negociação (Arbitrage) foi o filme de abertura do 60º Festival Internacional de Cinema de San Sebastián (ESP), ocorrido no dia 21 de setembro, com a presença dos protagonistas, Richard Gere e Susan Sarandon. Dirigido por Nicholas Jarecki, A Negociação, estreia nos cinemas brasileiros em 19 de outubro e acaba de ganhar pôster e trailer oficiais.

Sinopse

Um magnata está fora de si e ansioso para vender seu império antes que suas fraudes sejam reveladas, mas as coisas não saem exatamente como ele planejou e ele terá que buscar ajuda em lugares inusitados.

Fonte: Imagem Filmes


quarta-feira, 10 de outubro de 2012

O carrossel encantado




Sinopse: O carrossel de um parque bem distante do castelo real contém o encanto que pode salvar o reino dominado pela invejosa feiticeira Tábata. Tábata, usando uma cruel bruxaria, conseguiu roubar o trono de seu irmão, o rei Alexandre, e de sua esposa, a rainha Catarina, impondo a todos a ditadura da tristeza, na qual as risadas, as festas, as brincadeiras e o funcionamento dos parques de diversões são proibidos. Caberá a Felipe, o principezinho perdido, descobrir o encanto que está neste carrossel, conseguir a pedra do poder – o grande diamante azul – e derrotar Tábata. Prepare-se para uma história encantadora e surpreendente!


Sobre a autora: Tatiana Robles mora em São Paulo, cidade onde nasceu. Quando criança sonhava em ser cineasta e escritora de livros infantis. Escrevia histórias à beça. Cresceu e tornou-se advogada. Aos 30 anos, resolveu resgatar seu velho amor e voltou a escrever histórias infantis. O carrossel encantado é o seu primeiro conto infantil publicado.
Ficha Técnica

ISBN:  978-85-7679-768-5
Páginas:  32
Formato:  21 x 28 cm
Preço: R$ 29,90

Fonte: Lilian Comunica
Imagem: www3.vitrola.com.br

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Herois gays invadem o mercado editorial de HQs


Os tempos mudaram mesmo. A diversidade sexual veio chegando devagarzinho e foi se instalando até mesmo nos quadrinhos. Este ano chegou às bancas "Earth 2", da DC Comics, que traz o relacionamento homossexual do Lanterna Verde original, Alan Scott, criado há 72 anos. Mas o personagem septuagenário não foi o único este ano. Um mês antes da estreia de “Earth 2”, entrou em circulação "Astonishing X-Men" n 51, da Marvel Comics, onde foi mostrado o casamento do mutante Estrela Polar e seu namorado. Segundo as editoras, ambas revistas venderam igual a água.

Apesar de Estrela Polar ter sido criado para ser gay ainda na década de 70, a editora segurou o quanto pode. Outros super-herois já desfilaram sua bandeira cor de rosa pelas páginas de gibis: um tal de Extraño apareceu na saga Milênio; Apolo e Meia-Noite se casaram na série "Authority", da WildStorm; o Vingador Chocante e o X-Man Anole também já se relacionaram; a HQ "Os Vingadores — Especial" discute a relação entre Hulkling e seu namorado, Wiccano; em "X-Men Extra”, Rictor e Shatterstar resolvem suas diferenças sob os lençóis; a patrulheira Questão já foi mostrada aos beijos com Katherine Kane, a Batwoman; e tem muitos outros personagens.

Por mais estranho que possa parecer aos conservadores de plantão, trata-se de um filão no mercado editorial pouco explorado até pouco tempo. É inegável que a quantidade de gente que “está saindo do armário” engrossa o número de vendas de HQs depois que alguns personagens passaram a representar esse número cada vez mais significativo da sociedade. E se a diversão é para todos, as editoras perceberam uma galinha dos ovos de ouro que, há bem pouco tempo, não passava de um patinho feio.

Excetuando as conhecidas piadinhas de botiquim envolvendo Batman e Robin, as relações homossexuais são mostradas com a seriedade que o assunto merece, até mesmo por ainda ser um tabu para muita gente. Mas em gibis tudo pode acontecer: heróis morrem e ressuscitam, perdem poderes e voltam mais poderosos. Não duvide que a Dupla Dinâmica um dia se transforme em Casal Dinâmico. Além do protesto dos fãs mais fervorosos, com certeza terá uma enxurrada de posts em redes sociais com Meme’s do tipo: “EU JÁ SABIA”. E não é para menos. Não há nada mais gay do que roupa colan colorida. Viva a diversidade!

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

O Palhaço será o representante do Brasil no Oscar 2013

A Comissão Especial de Seleção  da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, anunciou O Palhaço como  filme brasileiro que tentará uma vaga entre os cinco finalistas na categoria de Oscar de Melhor Filme Estrangeiro do ano que vem. “O Palhaço é um filme impregnado de delicadeza, e a sua escolha como representante brasileiro me encheu de alegria”, emociona-se o diretor, co-roteirista e ator Selton Mello.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, fará o anúncio dos finalistas da 85º edição do Oscar em janeiro de 2013, enquanto a festa de premiação será realizada no tradicional Kodak Theatre na noite de 24 de fevereiro de 2013.

O Palhaço foi lançado no final de 2011 nos cinemas e ultrapassou a marca de 1,4 milhões de espectadores, o DVD e Blu-Ray estão disponíveis para locação em todo o país desde o mês de março deste ano. Selton continua “A escolha de O Palhaço para tentar uma vaga no Oscar foi algo comovente, pois provou-se, que é possível um filme sensível, poético alçar voos grandiosos”.

O Palhaço acaba de ganhar uma versão de luxo, com 2 discos, que chegará especialmente para o consumidor, no dia 23 de outubro em todas as lojas do país. Além de uma embalagem totalmente nova, uma série de conteúdo extra estará disponível, tais como:

Entrevistas;
  •        Marília Gabriela (com Selton Mello e Paulo José)
  •        O Papel da Vida
Relicário;
Palhaço.doc;
Audiodescrição em Português (para deficientes visuais);
Português Close Caption (para deficientes auditivos).

Sinopse

Benjamim (Selton Mello) e Valdemar (Paulo José) formam a fabulosa dupla de palhaços Pangaré e Puro Sangue. Benjamim é um palhaço sem identidade, CPF e comprovante de residência. Ele vive pelas estradas na companhia da divertida trupe do Circo Esperança. Mas Benjamim acha que perdeu a graça e parte em uma aventura atrás de um sonho. Venha rir e se emocionar com este grande espetáculo.

Fonte: Rodrigo Fante/Imagem Filmes
Imagem: clubdatelevisao.wordpress.com

Diretores de Matrix dirigem superprodução "A Viagem"

Os irmãos Andy Wachowski e Lana Wachowski , que revolucionaram o cinema contemporâneo com o lançamento de Matrix (1999), estão de volta em A Viagem (Cloud Atlas), ao lado do diretor alemão Tom Tykwer (Corra, Lola, Corra), em uma história que promete uma nova revolução, e para isso, o trio de diretores resolveu inovar e lançar um trailer que conte a história em aproximadamente 5 minutos.

Adaptação do bestseller internacional, Cloud Atlas, de David Mitchell, A Viagem acompanha seis diferentes histórias, em uma trajetória evolutiva dos personagens, que conta com a presença de Tom Hanks (O Código da Vinci), Hugo Weaving (Trilogia Matrix), Jim Sturgess (Across the Universe), Hugh Grant (Letra e Música), Halle Berry (X-Men), Susan Sarandon (A Negociação), Jim Broadbent (A Dama de Ferro), James D´Arcy (Exorcista - O Início) e Ben Whishaw (007 – Operação Skyfall), no elenco.

Com estreia nos cinemas marcada para o dia 28 de dezembro, A Viagem fará a sua première mundial no Festival de Toronto em setembro.

Sinopse

Em A Viagem várias histórias em épocas diferentes, passado, presente e futuro, estão conectadas, mostrando como um simples ato pode atravessar séculos e inspirar uma revolução. Os criadores da trilogia Matrix dirigem uma épica estória através dos séculos com Tom Hanks, Halle Berry, Susan Sarandon e Hugh Grant.

Fonte: Rodrigo Fante/Imagem Filmes
Imagem: scifibr.wordpress.com

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Venha desvendar o que se esconde nos mares...

“Então fiquem em silêncio e apurem seus ouvidos, pois podem ser agraciados com um canto vindo das ondas... por um canto de sereia...” No romance encantador "Sereias, o segredo das águas", urdido a sal e água, é narrada a emocionante história de Coral, uma garota de aparência exótica, que nasceu envolta em mistérios sobrenaturais e com um estranho fascínio pela água.

Poderá ela, com a ajuda do apaixonado Marcelo, desvendar todos os enigmas que cercam a sua vida? Conseguirá sua mãe, Marina, afastá-la de um destino que, para ela, parece apavorante, mas que constantemente se revela inexorável? Qual preço você estaria disposto a pagar para ajudar seu grande amor? Com uma narrativa dinâmica e empolgante, o leitor viajará pelo mundo de uma das mais fascinantes figuras lendárias, e presentes, de todos os tempos: a sereia.

E verá que, muitas vezes, as lendas são mais reais  e estão bem mais próximas de nós do que imaginamos. Venha desvendar o que se esconde nos mares...

Sobre a autora

Mirella Ferraz nasceu em São Paulo e desde muito nova teve contato com as artes. Formou-se em balé e também atua como professora de dança do ventre. Tem paixão pela escrita e, ainda criança, já se aventurava na redação de contos e poesias. Aliando seu interesse pela literatura à imensa fascinação que sempre teve pelas sereias, começou a escrever sobre esse tema fantástico. Dedicou-se a esta primeira obra com tanto afinco que se inspirou para lançar um segundo livro, cuja história já está sendo escrita.

Também se formou em Gestão Ambiental e trabalhou na pesquisa e conservação de cetáceos em Pernambuco, São Paulo e Bahia. Nesse viés ambiental, sempre foi contundente. É vegetariana desde os oito anos de idade e trava fortes embates para defender os animais. Tem um blog de ativismo animal (http://mirellanogueira.blogspot.com.br/) e outro sobre sereias (http://eusouumasereia.blogspot.com.br/).

Mulher multifacetada, é ainda empresária na cidade onde vive, Pirassununga, com seu marido e seus doze bichos de estimação.

Ficha Técnica

ISBN:  978-85-7679-784-5
Páginas:  240
Formato:  21 x 14 cm
Por: R$ 29,90

Fonte: Pollyanna Mattos/Lilian Comunica

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Pianista baiana se apresenta em Uberlândia e promove master-class

O Teatro Rondon Pacheco recebe, nesta quinta-feira (20), às 20h, a pianista Fany Solter, que se apresenta no Concertos Tribanco de Uberlândia.

Na sexta-feira (21), a pianista promove uma master-class na Casa da Cultura, das 9h às 12h. “Quero escutar os jovens pianistas e também passar um pouco do meu conhecimento. Espero que todos tenham grande proveito”, disse Fany Solder. As inscrições podem ser feitas no link “contatos” no site www.concertosparauberlandia.com.br. Quem não é pianista também pode participar das aulas como ouvinte.

Natural de Ilhéus (BA) e residente há mais de 40 anos na Alemanha, Fany Solter foi a primeira e única mulher eleita como reitora de uma universidade naquele país, cargo que ocupou de 1984 a 2001 na Escola Superior de Música de Karlsruhe. Começou os estudos no Conservatório de Música Brasileiro do Rio de Janeiro e aperfeiçoou-se na Alemanha, onde obteve diploma pela Escola Superior de Música de Freiburg. Atua como solista em concertos com a Orquestra Sinfônica de Praga, Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra da Suisse Romande, Orquestra Sinfônica da Radio da Baviera, Israel Camerata de Jerusalém, Filarmônica de Câmara da Polônia, entre outras.

Serviço

O quê: Concertos Tribanco de Uberlândia
Quando: 20 de setembro (quinta-feira), às 20h
Onde: Teatro Rondon Pacheco – Rua Santos Dumont, 517, Centro
Ingresso: 1 Kg de alimento não perecível ou 1 litro de leite longa vida

O quê: Master-class com a pianista Fany Solter
Quando: 21 de setembro (sexta-feira), das 9h às 12h
Onde: Casa da Cultura – Praça Coronel Carneiro, 89, bairro Fundinho
Inscrições: Link “contatos” no site www.concertosparauberlandia.com.br

Fonte: Secom/PMU
Imagem: gl.art.br

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Advogado lança livro sobre o julgamento de Cristo

O advogado e autor do livro " O Advogado de Cristo", Jesus Garcia, fará o lançamento de sua obra no dia 21 de setembro. No  livro, inédito no mundo, foi introduzida a figura do advogado para a defesa de Jesus Nazareno, mostrando os equívocos, contradições e os erros jurídicos adotados, bem como todos  os procedimentos jurídicos, as formalidades legais e todas as técnicas usadas pela acusação e defesa no maior e mais controvertido julgamento do mundo, um acontecimento que mudou a história da humanidade.

O lançamento será na sede da OAB Uberlândia, ocasião em que o Jesus Garcia também assumirá a presidência da comissão de acessibilidade da OAB local. Ainda como parte das festividades, haverá palestra com a Dra. Ana Lúcia de Oliveira, presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência da OAB Minas, além da presença do Presidente da OAB Minas, Dr. Luiz Cláudio Chaves.

Serviço

Lançamento e Coquetel dia 21/09/2012 às 19h.
Local: Sede da OAB - Av. Rondon Pacheco, n° 980, Uberlândia- Minas Gerais.

Fonte e imagem: Divulgação

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Mercado Municipal expõe arte em potes de vidro

A Secretaria Municipal de Cultura (SMC) realiza na Galeria de Arte do Espaço Cultural do Mercado Municipal, a exposição “Residual”, do artista Fernando Flávio Rodrigues. Os visitantes poderão conferir os trabalhos até 28 de setembro, das 12h às 18h.

Fernando Flávio é de Uberlândia e reside em Belo Horizonte. Nesta exposição, mostra suas lembranças através de objetos trabalhados em potes de vidro. São mais de 80 peças que resgatam momentos vividos pelo artista. Além disso, Fernando também expõe 50 paletas de pintura com desenhos elaborados a partir do excesso de tintas utilizadas em outros trabalhos.

Serviço

O quê: Exposição “Residual” – Fernando Flávio Rodrigues
Período de visitação: até 28 de setembro, de 2ª a 6ª feira, das 12h às 18h
Local: Galeria de Arte do Espaço Cultural do Mercado Municipal
Endereço: Rua Olegário Maciel, n°255, bairro Fundinho.

Fonte: Secom/PMU
Imagem: paginacultural.com.br

Professora da UFU expõe obras no Sesc

Pinturas e desenhos que surgem de sonhos, viagens, memórias da infância, ilustrações de livros antigos, filmes e experiências corporais. Assim pode ser definida a exposição que a artista Luciana Arslan, professora do Instituto de Artes da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), apresenta até 26 de setembro no Sesc de Uberlândia. São obras que evidenciam um universo feminino - o uso da cor é mais simbólico do que realista, em tons de rosa e vermelho.

Luciana Arslan afirma que os painéis de madeira foram agrupados nas paredes do Sesc segundo uma lógica fantasiosa. “Cada visitante, ao observar o conjunto das imagens, pode interpretar, contar histórias estranhas e imaginar situações esquisitas e inusitadas”, explica a artista. O suporte para os desenhos é a madeira. Mas é possível reconhecer nas formas presentes nas imagens a inspiração em técnicas artesanais como bordado e ourivesaria.

A artista trabalha nesta série de painéis desde 2010. Esta é a segunda exposição individual em Uberlândia. Graduada em Artes Visuais pela Faculdade Santa Marcelina (SP), Luciana realizou mestrado na Universidade Estadual Paulista (UNESP) e doutorado na Universidade de São Paulo (USP) - com bolsa de seis meses para mobilidade internacional na Universidade de Barcelona. Atualmente, além de professora do Curso de Artes Visuais, atua no Programa de Pós-graduação em Artes da UFU.

Exposição Luciana Arslan

Sesc: Rua Benjamim Constant, 844
Bairro Aparecida/Uberlândia
Data: até 26 de setembro

Fonte: Renata Neiva/UFU
Imagem: Dirco/UFU

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Galeria Ido Finotti recebe exposição “Árvores em Diluição”

Desenhos em nanquim e diluídos em água estão na exposição “Árvores em Diluição”, de Carlos Cordeiro, estão em exposição na Galeria Ido Finotti, no Centro Administrativo Municipal. A visitação pode ser feita de 5 a 28 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 11h30 às 17h30.

Carlos Cordeiro é natural de Araguari, graduou-se em 2005 pela Escola Guignard da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG). Atualmente faz mestrado em Artes pela UFU. Transformação e efemeridade são as inspirações do artista. O símbolo da árvore é recorrente em suas obras e é foco da pesquisa que desenvolve no curso de mestrado em Artes pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Para a exposição, Carlos Cordeiro submeteu 20 quadros a um processo de diluição em sequência: do preto, passando pelos vários tons de cinza, até chegar ao branco, quando a imagem não pode ser mais vista no papel.

“Com a copa sem folhas, é possível ressaltar ainda mais essa diferença entre claro e escuro, entre preto e branco. A pesquisa levou a essa série e mostra essa relação com o vazio, o silêncio e a morte”, explicou Cordeiro.

Serviço:

O quê: Exposição “Árvores em Diluição”, de Carlos Cordeiro
Visitação: de 5 a 28 de setembro (segunda a sexta-feira), das 11h30 às 17h30
Onde: Galeria Ido Finotti, no Centro Administrativo Municipal – Av. Anselmo Alves dos Santos, 600, Santa Mônica
Entrada franca

Fonte: Secom/PMU
Imagem: paginacultural.com.br

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Cineclube Cultura apresenta clássicos da Broadway




No mês de setembro, o Cineclube Cultura exibe alguns dos mais significativos musicais da Broadway, adaptados para o cinema. Com o tema “Da Broadway para Hollywood”, a programação tem início neste fim de semana (dias 8 e 9) e encerra na última semana do mês (dias 29 e 30).

Neste sábado (8), será apresentada a produção “Minha Bela Dama”. O filme conta a história de um rabugento linguista, professor Henry Higgins (Harrison), que assume o desafio de transformar Eliza Doolittle, uma impetuosa vendedora de flores das ruas de Londres (Audrey) em uma refinada dama, capaz de frequentar as mais altas rodas da sociedade inglesa no início do século 20.  O texto é uma adaptação da peça Pigmalião de George Bernard Shaw.

No domingo (9), será exibido “Um Dia em Nova York”. O filme gira em torno de três marinheiros, Gabey (Kelly), Chip (Sinatra) e Ozzie (Jules Munshin), que tiram folga e têm apenas 24 horas para se divertir em Nova York.

Para o dia 29 (sábado), o escolhido foi “Chorus Line”. Nesta adaptação para o cinema de um dos mais premiados e retumbantes sucessos do teatro musical americano, o personagem Zack (Michael Douglas), um diretor de musicais da Broadway, prepara um novo espetáculo e, para isso, realiza uma série de audições para escolher os atores, cantores e bailarinos que farão parte do elenco. Enérgico e exigente, o diretor quer dos candidatos prova absoluta de seu talento e interesse pela arte, exigindo o máximo dos candidatos, fazendo com que isso valorize ainda mais seu espetáculo. Mas tudo começa a tomar um rumo diferente quando a vida pessoal de cada um dos participantes da seleção e a do próprio diretor vem à tona.

No dia 30 (domingo), será a vez de “Cabaret”. Na Berlim de 1933, uma cantora americana se transforma em atração no Kit Kat Club. Sua vida, carreira e amores se desenvolvem paralelamente à ascensão do nazismo. O filme é baseado no musical de Fred Ebb e John Kander e na peça de John Van Druten, inspirada no conto de Christopher Isherwood.

As exibições serão sempre às 20h, na Sala Roberto Rezende, da Oficina Cultural, que fica na praça Clarimundo Carneiro, 204, no bairro Fundinho. A entrada é gratuita.

Serviço:

8 de setembro (sábado)


Minha Bela Dama (My Fair Lady, EUA, 1964)
Direção de George Cukor
Com Audrey Hepburn, Rex Herrison, Stanley Holloway / Cor, 170 min.

9 de setembro (domingo)

Um Dia em Nova York (On The Town, EUA, 1949)
Direção de Stanley Donen e Gene Kelly
Com Gene Kelly, Frank Sinatra, Betty Garrett, Jules Munshin / Cor, 98 min.

29 de setembro (sábado)

Chorus Line (Chorus Line, EUA, 1985)
Direção de Richard Attenborough
Com Michael Blevins, Yamil Borges, Jan Gan Boyd, Michael Douglas / Cor, 113 min.

30 de setembro (domingo)

Cabaret (Cabaret, EUA, 1972)
Direção de Bob Fosse
Com liza Minnelli, Michael York, Helmut Griem, Joel Grey / Cor, 124 min.

Horário: 20h
Local: Oficina Cultural de Uberlândia – Sala Roberto Rezende – Praça Clarimundo Carneiro, 204, Fundinho
Entrada franca

Fonte: Secom/PMU
Imagens: mercadolivre.com.br
dsaviosoares.wordpress.com
lentecritica.blogspot.com
orkut.com

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Jogos Vorazes agrada apesar da ideia batida


Um milhão de livros e filme já fora produzidos com a mesma temática. Um jogo futurístico em que gladiadores lutam entre si até que apenas um sobreviva. Então o que Jogos Vorazes tem de diferente? A resposta é “nada”. Não tem nada de diferente, mas esse é o segredo de ser um bom filme. Assim como uma boa comida caseira, a resposta não está nos ingredientes, e sim, no tempero.

Baseado no romance The Hunger Games, da norte-americana Suzanne Collins, é a primeira parte de uma trilogia que vendeu milhões de livros em todo o mundo. A Lionsgate, detentor dos direitos sobre a obra para o cinema, já marcou a data de lançamento da sequência Jogos Vorazes - Em Chamas para 22 de novembro de 2013. O estúdio planeja seguir a mesma linha de 'Harry Potter e as Relíquias da Morte' e 'Amanhecer', e dividir o último livro em dois filmes.

O filme não aproveitou o ritmo testemunhal da narração feita em primeira pessoa do livro, mas isso não comprometeu a qualidade. É claro que todas as adaptações para a grande tela sofrem mudanças, principalmente no roteiro, que normalmente é reduzido, provocando em alguns casos, uma superficialização do enredo e dos personagens, tornando o filme menos denso que o livro. Mas o filme Jogos Vorazes compensa isso de alguma forma.

As interpretações de Jennifer Lawrence, no papel de Katniss Everdeen, e Josh Hutcherson como Peeta, conseguem transmitir veracidade à trama. A primeira com mais paixão e o segundo com cara de alface. Os efeitos especiais não comprometem, apesar de não serem espetaculares e o figurino é um capítulo à parte. As roupas e maquiagens da Capital remetem ao movimento New Wave, dos anos 80. Tudo muito colorido e espalhafatoso. Já as roupas das colônias lembram de judeus durante a 2ª Guerra Mundial.

Talvez pensando na Guerra, os cenários dos distritos parecem os campos de concentração nazistas, enquanto  a Capital é futurista, com um “quê” de George Orwell. Enfim, Jogos Vorazes é bom; mais do que isso, é muito bom. Mesma que a ideia não seja inédita.

Imagens: clubedofilmeleleo.blogspot.com
coisapop.blogspot.com


segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Mentes Sombrias aborda o universo gótico

O assassinato violento de duas jovens góticas no estacionamento de uma livraria na cidade de Little Rock, Arkansas, coloca novamente o jovem CSA (Analista de Cena de Crime) Tony Draschko na rota de mais um crime misterioso. Este é o ponto de partida de Mentes Sombrias, do escritor e jornalista Sérgio Pereira Couto, lançamento da editora Universo dos Livros.

Autor de 45 livros sobre sociedades secretas, história do rock  e introdução básica à ciência forense, o escritor dá continuidade à história precedida em Mentes Criminosas. Ainda oprimido por lembranças de um passado traumático, o brasileiro  Tony Draschko terá agora a companhia de um novo parceiro, o psicólogo Roderick Benes, ou Rod - o “cara de coruja”.

À medida que tenta desvendar o crime, Draschko atua na linha de frente de um caso que envolve a rede de influência gótica Presas Noturnas, liderada por um sociopata hacker com implicações no tráfico de drogas, sexo e uma sociedade secreta.

Assim como em seu título anterior, Sérgio Pereira Couto segue com a proposta de inserir elementos da medicina forense à trama, o que proporciona um resultado bastante verossímil  à série  CSI (Crime Scene Investigator), colocando as investigações comandadas pelos personagens muito próximas da realidade vivida por policiais. Com uma escrita fluida e meticulosa, o autor constrói seu suspense policial cheio de reviravoltas num interessante mergulho pelo submundo sombrio da cultura gótica e roqueira.

O rock, aliás, ganha o status de elemento da narrativa, ora como cenário da casa noturna Madame Lilith, ora com observações, curiosidades  e homenagens aos personagens que remetem ao universo gótico e metaleiro. Trechos de canções de Fletwood Mac, Ramones, Judas Priest, Motörhead, Bruce Dickinson, Genesis, entre outras bandas, abrem cada capítulo do livro, oferecendo pistas para a solução do crime. Há referências também a Bram Stoker, autor de Drácula, ao cineasta Alfred Hitchcock e à violência de Jack, o Estripador.

Conforme a investigação evolui, Mentes sombrias revela a malícia das narrativas policiais, explora o  thriller psicológico e descreve passagens com requintes de brutalidade na performance de um vilão diabólico – cuja identidade secreta, sem um rosto, mas com uma presença sagaz, coloca a inteligência e a capacidade dedutiva da dupla de investigadores em xeque.

Quais as reais motivações do  crime? Qual a relação que a sociedade secreta esconde no passado da cidade de Little Rock? Será Draschko capaz de vencer os dilemas emocionais que podem colocar sua própria vida em perigo? Encontre as respostas e sinta a  expectativa na resolução do enigma nessa caçada ao assassino gótico, num livro que arrasta o leitor pelas entranhas de uma trama recheada de mistério, medo e estranheza.

Ficha Técnica

Livro: Mentes Sombrias
Autor: Sérgio Pereira Couto
Editora: Universo dos Livros
Nº de pág.: 240
Preço: R$ 34,90

Fonte: Tacla Comunicação

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Exposições em Uberlândia

Dicas de duas exposições abertas à visitação em Uberlândia. As exposições estão na Oficina Cultural e na Casa da Cultura.

Exposição estimula a reflexão sobre a fragilidade da vida

A Oficina Cultural de Uberlândia recebe a exposição “A morte invisível”, do artista Paulo Buenoz. O público poderá visitá-la de 22 de agosto a 21 de setembro, das 12h às 18h.

A exposição traz elementos como tecido, pedra e madeira, que cobrem e recobrem o ambiente, além da mistura de cores e luz. O objetivo da mostra é levar a uma reflexão sobre as fragilidades da vida.

Adolescentes expõem na Casa da Cultura

Na próxima sexta-feira (24), às 20h, na Sala de Experimentações Visuais, na Casa da Cultura, terá a abertura da exposição “Reconfiguras – Outros Ângulos do Cenário Urbano”.

Em 2011, doze fotógrafos, de 11 a 14 anos, na época estudantes do 6º ano do ensino fundamental de três escolas públicas de Uberlândia, foram convidados a representar o contexto em que viviam através de fotografias feitas por eles mesmos. Duas fotografias produzidas por cada aluno foram escolhidas para serem apresentadas na mostra.

A exposição “Reconfiguras – Outros Ângulos do Cenário Urbano” terá entrada gratuita e poderá ser visitada de 27 de agosto a 6 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h.

Serviço I

O quê: Exposição “A morte invisível”, de Paulo Buenoz
Visitação: 22 de agosto a 21 de setembro (segunda a sexta-feira), das 12h às 18h
Onde: Sala Alternativa da Oficina Cultural
Endereço: Praça Clarimundo Carneiro, 204, bairro Fundinho

Serviço II

O quê: Exposição “Reconfiguras – Outros Ângulos do Cenário Urbano”
Abertura: 24 de agosto (sexta-feira), às 20h
Período de visitação: 27 de agosto a 6 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h
Local: Sala de Experimentações Visuais – Casa da Cultura
Endereço: Praça Coronel Carneiro, 89, bairro Fundinho

Fonte: Secom/PMU
Imagem: paginacultural.com.br

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Alunos da rede pública expõem no Centro Administrativo

Os alunos do ensino fundamental de Uberlândia das escolas públicas, que conquistaram o primeiro lugar no concurso Calu Contando História, na categoria Desenho, apresentam os trabalhos produzidos em uma exposição, no bloco 02 do Centro Administrativo Municipal de Uberlândia, no período de 13 a 31 de agosto.

A mostra tem como tema: “Calu 50 anos: faz parte da história de Uberlândia” e está aberta à visitação, de segunda à sexta-feira, das 12h às 17h.

Este ano, o concurso promovido pela Cooperativa Agropecuária Ltda. de Uberlândia - Calu envolveu mais de 10 mil crianças. Além da exposição de desenhos, haverá também o Festival de Teatro que será realizado nos dias 21 e 22 de agosto, sempre às 19 horas, no auditório da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Uberlândia – CDL.

No evento, os grupos classificados na categoria Teatro apresentarão suas peças teatrais baseadas no mesmo tema da exposição de desenhos.  A entrada para o Festival é gratuita.

Serviço I

O quê: Exposição de Desenhos Calu Contando História
Quando: de 13 a 31 de agosto
Onde: Centro Administrativo Municipal de Uberlândia
Horário: 12 às 17 horas

Serviço II

O quê: Festival de Teatro Calu Contando História
Quando: 21 e 22 de agosto
Onde: Auditório da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Uberlândia
Horário: Sempre às 19 horas
Entrada gratuita

Fonte: Érica Magalhães/MF Comunicação
Imagem: Divulgação

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Os Infratores ganha pôster e trailer oficiais

Os Infratores é a história real, baseada no livro escrito pelo neto de um dos personagens principais da trama, que estreia nos cinemas em 21 de setembro, e acaba de ganhar pôster e trailer oficiais.

Baseado no livro Wettest County in The World de Matt Bondurant, têm no elenco Shia LaBeouf (Transformers), Tom Hardy (Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge), Gary Oldman (O Espião que Sabia Demais), Guy Pearce (Prometheus), Jessica Chastain (A Árvore da Vida), Mia Wasikowska (Alice no País das Maravilhas) e Jason Clarke (Confiar).

Os Infratores (Lawless) é a história real dos lendários irmãos Bondurant, produtores de whisky durante a lei seca americana. Forrest (Tom Hardy), é o irmão mais velho, durão comanda a família, Howard (Jason Clarke) é seu braço direito, enquanto que o caçula Jack (Shia LaBeouf) ainda precisa mostrar seu valor. Quando o negócio começa a prosperar a máfia de Chicago envia Charlie (Guy Pearce) para acabar com a concorrência na cidade.

Fonte: Rodrigo Fante/Imagem Filmes


sexta-feira, 17 de agosto de 2012

O circo chegou!

Circo da vida inaugurará o Novo espaço, agora localizado no Poliesportivo do Bairro Roosevelt – Uberlândia-MG.  No  dia 24 e 25 de Agosto o Circo da vida apresenta show Circense: Além do Espetáculo! A Trupe traz ao público números clownescos, aéreos e acrobáticos que encantam o público a várias gerações. O espetáculo tem duração de 1h20min e traz a plateia emoção, encantamento e a adrenalina da arte circense.

Segundo Daniel Vieira Brant: “O Circo da Vida tem agora a oportunidade de voltar para o bairro onde o projeto surgiu, com a missão de colaborar com a melhoria da qualidade de vida, possibilitando a região atividades de arte-educação, fomento cultural e lazer inteligente.”

O Circo da Vida existe desde 2007 como projeto sociocultural. fomentando a arte e a cultura circense e utilizando-a como ferramenta de promoção social, através de projetos como Circo Escola, Circonema, Circo de todo mundo, Galeria Viva o Circo e muito mais. Parcerias: Secretaria Municipal de Cultura, Futel, Premio Carequinha (Funarte/Petrobrás), Instituto Saúde e Equilibrio e Instituto Agronelli.

Show Circense:  Além do Espetáculo

Local: Circo da Vida – Poliesportivo Roosevelt – Praça Clarinda de Freitas s/n. Bairro Roosevelt
Dias: 24 e 25 de Agosto às 19h30min
Entrada Franca!
Mais informações: (34) 8815 2057/ (34) 9134 9400

Fonte: Circo da Vida

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Filmes de ficção científica estão na agenda do Cineclube de agosto



Histórias fantásticas, missões intergalácticas, paranóias científicas, amores além da vida, quebra-cabeças ilógicos e poderes sobrenaturais. Se a viabilidade ou possibilidade limitam alguns gêneros cinematográficos, perpassam todas as barreiras na ficção científica: o que é impossível ou incoerente ganha veracidade em longas repletos de efeitos especiais e enredos mirabolantes.

Quem quiser assistir títulos deste estilo que foram e continuam a ser aclamados pelo público e crítica podem conferir a mostra “Ficção Científica”, do Cineclube Cultura de agosto. A programação reúne películas como “2001: Uma Odisséia no Espaço”, “Hardware”, “Solaris” e “Lunar”. As sessões acontecem todos os sábados, sempre às 20h, na Sala Roberto Rezende, que fica na Oficina Cultural. A entrada é gratuita

Uma Odisséia no Espaço

No sábado (18), o projeto exibirá “2001: Uma Odisséia no Espaço” (2001: A Space Odyssey – EUA e Grã-Bretanha/1968, cor, 141 min), que foi dirigido por Stanley Kubrick e traz em seu elenco Keir Dullea, Gary Lockwood, William Sylvester, Daniel Richter e Vivian Kubrick. Por sua inventividade e inovação, a película ganhou o Oscar de Melhor Efeito Especial e o Bafta de Melhor Direção de Arte, Direção de Fotografia e Trilha Sonora. Muitos cinéfilos acreditam que o longa representa um incômodo desafio à mente e aos sentidos, por ter enredo que permite o vislumbrar de um futuro próximo que pode ser extremamente desconcertante.

A história começa com o retrato do início das eras, onde um misterioso monolito negro emite sinais que parecem ser de civilizações desconhecidas. Quando a espaçonave Discovery é enviada em direção a Júpiter em 2001 (quase quatro milhões de anos depois da chegada do fragmento geológico), astronautas e cientistas tentam descobrir a solução para o enigma que ultrapassa os limites da existência e teima em interferir no curso da humanidade. Na viagem, o super computador HAL 9000 – responsável por controlar a nave – entra em pane e ameaça a segurança dos tripulantes e do planeta Terra.

Hardware

No domingo (19), o Cineclube Cultura apresentará “Hardware” (Hardware - EUA e Grã-Bretanha/1990, cor, 90 min), dirigido por Richard Stanley. O longa retrata uma época em que tudo é fracionado: ar, comida e até mesmo moradia. Neste ambiente apocalíptico vive Jill, uma escultora. Em seu minúsculo apartamento, ela transforma em obra de arte o crânio de um robô. O que Jill não sabe é que a peça cibernética - encontrada por um andarilho no deserto -, tem função e nome. O crânio faz parte do projeto Mark 13 e é uma arma secreta desenvolvida por forças militares para controlar o caos global, que foi cancelada por conta de sua instabilidade e perigo.

Enquanto a garota dorme, o cyborg se repara sozinho e arquiteta um plano diabólico, cujo objetivo é exterminar a raça humana. Sozinha e sem saber que enfrenta uma situação de perigo iminente, a escultora enfrenta uma arma inteligente, à prova de balas e resistente ao fogo. Impiedoso, o invento cibernético é capaz de enxergar no escuro e perfurar qualquer tipo de metal.

Serviço:

O quê: Cineclube Cultura
Quando: Às 20h dos dias 18, 19, 25 e 26 de agosto
Onde: Sala Roberto Rezende - Oficina Cultural
Endereço: Praça Clarimundo Carneiro, 204, bairro Fundinho
Entrada gratuita

Outros filmes

*Sábado (25)
Filme: “Solaris” (Solyaris – União Soviética/1972, cor, 165 min)

*Domingo (26)
Filme: “Lunar” (Moon – Grã-Bretanha/2009, cor, 97 min)

Fonte: Secom/PMU
Imagens: cinemarcocriticas.blogspot.com
santuariodosvampiros.blogspot.com

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Comédia tem estreia antecipada

Um Divã para Dois (Hope Springs), teve a estreia antecipada para a próxima sexta-feira (17/08) nos cinemas brasileiros. A produção arrecadou mais de 15 milhões de dólares, em sua estreia americana, no último final de semana. O filme tem Meryl Streep, Tommy Lee Jones e Steve Carell no elenco e é dirigido por David Frankel, diretor de O Diabo Veste Prada.

Sinopse

O Dr. Bernie (Steve Carell) é um famoso terapeuta de casais que já resolveu muitos casos bem complicados. Quando Kay (Meryl Streep) finalmente consegue arrastar seu teimoso marido Arnold (Tommy Lee Jones) para o divã do Dr Bernie nunca mais nada será como antes, pois dividir o mesmo divã com o marido será muito mais complicado do que dividir a mesma cama.

Fonte: Rodrigo Fante/Imagem Filmes
Imagem: Divulgação



sábado, 11 de agosto de 2012

Roteiro espiritual atrai turistas para o Triângulo Mineiro


A busca pela espiritualidade é o que move cerca de duas mil pessoas, todo mês, até a cidade de Sacramento, no Triângulo Mineiro. A região é considerada berço do espiritismo nacional. Uberaba, por exemplo, é a terra do coração de Chico Xavier, e a cidade de Carlos Baccelli, Celso de Almeida Afonso e Alaor Borges Junior, três dos principais médiuns do País.

É no Triângulo também que foram fundadas a primeira escola espírita do Brasil – o Colégio Allan Kardec –, e o primeiro centro espírita rural, dois dos principais atrativos que integram a rota turística religiosa. Formatado com o apoio do governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), o roteiro tem início em Uberaba, passa por Araxá e é encerrado em Sacramento.

Entre os atrativos, os turistas têm acesso ao Hospital do Pênfigo – Dona Aparecida, Centro Espírita Irmã Valquíria, Mausoléu Chico Xavier, Casa Espírita Antusa, Museu Chico Xavier (última casa do médium em vida), asilo André Luiz, Centro Espírita Aurélio Agostinho, Casa do Caminho, Centro Espírita Sacramento Dona Heigorin e Museu Eurípedes Barsanulfo (um dos médiuns mais estudados do País). Outras opções são conhecer a Gruta dos Palhares e a Chácara Triângulo, onde acontece, todos os dias, há 104 anos, o culto das 09h, um culto espírita.

Daniela Scripilliti, de São Paulo, já realizou o passeio por três vezes. Em duas delas, levou os filhos. Também já apresentou a rota a uma amiga e à ex-cunhada. “Não é só visitar lugares bonitos, é conhecer a história do espiritismo. Gostei muito do Museu Barsanulfo, é muito preservado e possui uma energia muito boa. É impressionante como todo o trabalho dele foi mantido, mesmo com pouquíssimos recursos”, relata ela, que é simpatizante da religião espírita.  Daniela também destaca o jardim do Colégio Allan Kardec. “Tem um espaço para meditação, um astral muito legal”, diz.

Frederico Crema Leis, proprietário da Maritaca Turismo, que opera o roteiro religioso, explica que, em geral, os visitantes realizam o passeio em busca de mais informações sobre o espiritismo. “O turista vai para conhecer os ensinamentos de Eurípedes Barsanulfo e Chico Xavier. É um público muito alternado. Outro dia recebemos um casal suíço e um casal de jovens; e na última semana veio um ônibus da terceira idade”, conta.

Mesmo com diversidade turística, rota religiosa se destaca

O roteiro espiritual do Triângulo Mineiro integra o Circuito Turístico dos Lagos, que é constituído de 17 municípios, nove deles em Minas Gerais e oito em São Paulo. Além do roteiro espiritual, o Circuito conta com atrativos voltados para o Lazer Náutico e Pesca, nas cidades de Rifaina, Igarapava e Miguelópolis; Ecoturismo e Aventura, nas cidades de Sacramento, Pedregulho e Buritizal; Negócios e Eventos, em Uberaba; Turismo Rural, em Conquista, além do segmento Cultural, em que diversos municípios ainda preservam resquícios de sua antiga arquitetura e expressam suas manifestações culturais.

Segundo Manuel Pedro Leal, presidente da Associação do Circuito Turístico dos Lagos, a diversidade de opções oferecidas gera oportunidades de turismo na região, mas o roteiro espiritual se destaca. “Não se pode negar que o atrativo principal da região envolve o aspecto religioso e espiritual, no entanto, os demais segmentos vêm constantemente se fortalecendo e, gradativamente, se consolidando”, relata.

Ele avalia que os visitantes que buscam o roteiro religioso têm um propósito específico, de usufruir de experiências que despertem seus sentimentos de fé. “São motivadas pela curiosidade em conhecer e vivenciar cidades conhecidas por sua história e forte aspecto religioso e espiritual que paira no ambiente, envolvendo os visitantes nas comunidades locais, ou ainda, inspiradas pelas histórias de fé proporcionadas por um religioso local.

O brasileiro, por natureza, é um povo de notável tolerância religiosa, atitude respeitosa e convívio pacífico entre pessoas com diferentes percepções de mundo. Agregado a isso, a região possui uma infraestrutura turística capaz de atender a essa demanda. Por isso, acreditamos que as pessoas que realizam o roteiro espiritual são fontes de estímulo para as pessoas que ainda não conhecem o roteiro. Muitas delas voltam constantemente aos destinos que visitaram”, comenta.

Turismo religioso no Estado

Na última semana, o governador Antonio Anastasia assinou decreto que declarou como Atrativo Turístico de Especial Relevância o conjunto paisagístico, artístico e cultural do Santuário Estadual Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O ato vai de encontro à intenção do governo mineiro de fomentar ações de preservação dos conjuntos religiosos, históricos e culturais do Estado, além de fomentar o turismo e atrair recursos, gerando mais empregos de qualidade, mais cultura e mais renda para os mineiros.

O segmento de turismo religioso é um dos que mais cresce no mundo. Levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisas da Universidade de São Paulo mostra que existem cerca de 15 milhões de brasileiros interessados em destinos religiosos. Mais de 8,1 milhões de viagens domésticas no Brasil são motivadas pela fé.

Uma Pesquisa de Demanda Turística realizada pela Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais em 2011, mostrou o perfil dos visitantes motivados pelo turismo religioso em Minas. Segundo os dados, 68,2% são do próprio estado de Minas Gerais, 17,2% de São Paulo, 5,1% do Espírito Santo, e 4,5% do Rio de Janeiro; 40,8% possuem renda familiar até R$ 2.040,00; 40,8% possuem ensino médio; e 28,9% viajaram com grupos de excursão. Já a média de permanência no destino é de 2,6 dias; o gasto médio diário individual no destino é de R$ 62,84; 53,2% se hospedam em hotéis e pousadas; 88% afirmaram que a viagem em Minas Gerais atendeu ou superou as expectativas; e 93,9% pretendem retornar à cidade nos próximos dois anos.

Fonte: Segov
Imagens Segov

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Exposição “O passado de presente para Uberlândia"

A exposição “O passado de presente para Uberlândia”, do artista Marcos Caratta, está aberta para visitação na Galeria Geraldo Queiroz, na Casa da Cultura. Os visitantes poderão conferir os trabalhos de 10 de agosto a 6 de setembro, das 12h às 18h.

Marcos Caratta nasceu em Goiatuba (GO) e reside em Uberlândia desde 1988. Nesta exposição, mostra a beleza e a singularidade de Uberlândia dos anos de 1920-1960. São 14 fotos da cidade tratadas artisticamente, que resgatam cenários antigos que ainda fazem parte do cotidiano uberlandense.

Serviço

O quê: Exposição “O passado de presente para Uberlândia” – Marcos Caratta
Abertura: 9 de agosto, às 20h
Período de visitação: 10 de agosto a 6 de setembro, de 2ª a 6ª feira, das 12h às 18h
Local: Galeria Geraldo Queiroz – Casa da Cultura
Endereço: Praça Coronel Carneiro, 89 – Bairro Fundinho

Fonte: Secom/PMU
Ilustração: Reprodução/Página Cultural

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Chorinho no Coreto

Após o grande sucesso das edições anteriores, neste mês de Agosto, dia 11 (sábado) ás 18h30, na Praça Clarimundo Carneiro, acontece mais uma edição do Projeto "Chorinho no Coreto" com a participação especial dos músicos "Cidinho 7 Cordas"- lançando o CD - "Entre Amigos", "Siqueira do Cavaquinho"- lançando o CD acompanhado por Wellington Monteiro - "Entre Nós" e do Percussionista "Barão do Pandeiro", todos do Rio de Janeiro.

O grupo Wellington e Regional Fogo na Roupa apresenta um show com músicas de autoria de  Bonfíglio de Oliveira, Waldir Azevedo, Cândinho, Juventino Maciel, Jacob do Bandolim, Pixinguinha e outros grandes nomes da nossa música Brasileira.

O projeto Chorinho no Coreto está todo 2° sábado do mês apartir das 18h30 na Feira do Coreto com participações de grandes músicos da cidade de Uberlândia e também de Chorões de todo Brasil. Um Projeto da Dicult (UFU), em parceria com a Associação dos Artesãos, Feira do Coreto, Tribo das Letras.

Fonte: Wellington Guimarães Gama

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Sessão especial comemora 70 anos de lançamento do clássico Casablanca


Em 2012, uma das películas mais admiradas e elogiadas pelos críticos da sétima arte completa 70 anos. Lançado em 1942, “Casablanca” (Casablanca – EUA/1942, p/b, 102 min) será exibido em sessão gratuita e exclusiva neste sábado (11), às 20h, na Sala Roberto Rezende da Oficina Cultural. A iniciativa é uma homenagem do Cineclube Cultura – projeto da Secretaria Municipal de Cultura (SMC) - à obra que é fruto de uma adaptação da peça teatral de Murray Burnett e Joan Alison. Além do longa, cinéfilos poderão conferir a animação “Carrotblanca” (Carrotblanca – EUA/1995, cor, animação, 8 min), produção dos estúdios Warner Bros que é uma adaptação do clássico e traz os Looney Tunes como personagens centrais da trama.

Casablanca

Dirigido por Michael Curtiz e vencedor do Oscar de melhor filme, diretor e roteiro, o longa é considerado uma das obras cinematográficas mais marcantes de todos os tempos. Nele, atores como Humphrey Bogart e Ingrid Bergman protagonizam uma história de amor que acontece em plena Segunda Guerra Mundial. Nesta época, muitos fugitivos tentavam escapar da fúria dos nazistas por uma rota que passava pela cidade de Casablanca, em Marrocos.

Ali, onde passes livres são vendidos por valores exorbitantes, vive Rick Blane (Humphrey Bogart), exilado norte-americano que administra uma badalada casa noturna. Entre bebidas, música e perigo iminente, o homem ajuda – clandestinamente -, refugiados que passam pela cidade. Enquanto socorre alguns, Rick tenta não se envolver claramente com política, já que seu estabelecimento é frequentado por todos os tipos de clientes, inclusive nazistas e aliados.

E é neste ambiente de tensão que ele reencontra Ilsa Lund (Ingrid Bergman), mulher com quem tivera um amor interrompido em Paris. O problema é que ela está acompanhada por um importante líder da resistência Tcheca, Victor Lazlo (Paul Henreid) e precisa de documentos importantes para fugir rumo à América. A presença da bela garota faz com que Rick tenha lampejos de memória e enxergue no romance uma oportunidade de seguir adiante.

Edição de agosto

A partir de domingo (12), as sessões do Cineclube Cultura de agosto serão dedicadas à ficção científica. Películas como “Blade Runner” (Blade Runner – EUA/1982, cor, 117 min), “2001: Uma Odisséia no Espaço” (2001: A Space Odyssey – EUA e Grã-Bretanha/1968, cor, 141 min), “Hardware” (Hardware - EUA e Grã-Bretanha/1990, cor, 90 min), “Solaris” (Solyaris – União Soviética/1972, cor, 165 min) e “Lunar” (Moon – Grã-Bretanha/2009, cor, 97 min) fazem parte da programação do projeto.

Serviço:

O quê: Cineclube Cultura
Quando: Às 20h dos dias 11, 12, 18, 19, 25 e 26 de agosto
Onde: Sala Roberto Rezende - Oficina Cultural
Endereço: Praça Clarimundo Carneiro, 204, bairro Fundinho
Entrada gratuita

Sessão especial de 70 anos de Casablanca

*Sábado (11)

Filme: “Casablanca” (Casablanca – EUA/1942, p/b, 102 min)
Animação: “Carrotblanca” (Carrotblanca – EUA/1995, cor, animação, 8 min)

Mostra sobre Ficção Científica


*Domingo (12)

Filme: “Blade Runner” (Blade Runner – EUA/1982, cor, 117 min)

*Sábado (18)

Filme: “2001: Uma Odisséia no Espaço” (2001: A Space Odyssey – EUA e Grã-Bretanha/1968, cor, 141 min)

*Domingo (19)
Filme: “Hardware” (Hardware - EUA e Grã-Bretanha/1990, cor, 90 min)

*Sábado (25)

Filme: “Solaris” (Solyaris – União Soviética/1972, cor, 165 min)

*Domingo (26)

Filme: “Lunar” (Moon – Grã-Bretanha/2009, cor, 97 min)

Fonte: Secom/PMU
Imagens: paulogibi.blogspot.com
criticaretro.blogspot.com
pilulapop.com.br

Código Y faz um retrato profundo da juventude brasileira

A geração Y é a de maior potencial da história ou simplesmente conectada, multitarefas, pouco resiliente, mimada e superficial? Você sabia que morar uma temporada no exterior faz parte do projeto de vida de 79,3% dos jovens brasileiros? Ou que para 63,8% dos jovens, a universidade é a melhor fase da vida? Tem ideia que 77% se preocupa com a empregabilidade e que a música é fundamental para 72% do universo entrevistado?

Marcos Calliari e Alfredo Motta, proprietários da agência NaMosca, reuniram no livro Código Y – Decifrando a geração que está mudando o Brasil (Editora Évora), uma pesquisa sobre a vida dos jovens que nasceram entre os anos de 1980 e 1995, considerados como a geração Y.

Apesar dos autores serem avessos a qualquer terminologia que defina um perfil, grupo ou geração, eles acreditam que a pesquisa é o melhor norte para qualquer empresa que deseja maximizar a abrangência de um produto ou serviço – “a abordagem geracional, que é como se denomina a maneira de fazer leituras dos rumos e atitudes dos grupos ou mesmo dos indivíduos baseadas no contexto em que foram criados e vivem, é uma fonte riquíssima de compreensão e relativamente nova para o Brasil”.

Segundo Calliari, as instituições da sociedade precisam se adaptar aos novos tempos, já que dogmas, imposições e autoridade não funcionam com essa geração: “O desafio para o futuro é aprender a engajar e comprometer os jovens, e não apenas criticá-los, o que só aumenta o abismo geracional". Com a chegada dos jovens dessa geração a posições de decisão nessas instituições, sejam políticas, religiosas, familiares, profissionais ou acadêmicas, é inevitável que elas mudem para sempre.

Dividida em três partes, a obra conceitua a geração Y, explicando a relação dela com o ambiente escolar, com a família, a carreira e o trabalho, a tecnologia e a diversão e o engajamento político e social; na última parte, Calliari e Motta traçam uma análise sobre o poder de influência e de comunicação do “universo ípsilones”.

SOBRE OS AUTORES

Alfredo Motta é formado em administração de empresas pela FGV-SP, fez carreira em marketing em empresas como Procter & Gamble, AmBev, L'Oréal, Bombril e JWThompson. Morou nos Estados Unidos, França e Inglaterra, além de São Paulo, Recife e Rio de Janeiro. Maratonista e ex-jogador de pólo aquático, fundou a Agência Namosca, primeira especializada no país em público jovem e também pioneira na divulgação do conceito de Marketing Universitário no país.

Marcos Calliari é formado em Economia pela FEA-USP, tendo concluído MBAs em Marketing (FIA-USP) e Estratégia (INSEAD, França). Trabalhou em empresas como Credicard, Souza Cruz, AmBev, EF/Englishtown e Ipsos. Morou em Milão, Boston e Xangai. É professor e palestrante em centenas de instituições no país e no exterior e sócio da Agência Namosca. São-paulino, é mergulhador de resgate e montanhista amador, com expedições para o Himalaia, Fuji e Kilimanjaro, entre outras.

SOBRE O LIVRO

Título: Código Y
Subtítulo: Decifrando a geração que está mudando o país
Autores: Alfredo Motta e Marcos Calliari
Assunto: comportamento, sociologia, marketing e interesse geral.
Preço: R$ 44,90
Páginas: 192
Formato: 16 x 23 cm
ISBN: 978-85-63993-33-5
Edição: 1ª
Acabamento: Brochura

Fonte: Ana Davini/AD Comunicação

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Inscrições para cursos da Oficina Cultural terminam amanhã (7)

Até a próxima terça-feira (7), os interessados poderão se inscrever nos cursos oferecidos pela Secretaria Municipal de Cultural (SMC), na Oficina Cultural. Estão disponíveis vagas em cursos de artes cênicas, artes visuais, expressão corporal e dança.

As inscrições devem ser feitas pessoalmente, na Oficina Cultural, localizada na praça Clarimundo Carneiro, 204, bairro Fundinho, das 8h às 18h, mediante apresentação de documentos pessoais (RG e CPF).

Artes Visuais

- Quadrinho e Narrativas Gráficas


Ministrante - Alexandre Arcangelo
Período - 28/08 a 20/09 - 3ªs e 5ªs feiras
Horário - 19h às 21h30
Público alvo - a partir de 12 anos
Vagas - 15 primeiros inscritos

- Fundamentos do Desenho: Da técnica à observação

Ministrante - Alexandre Arcangelo
Período - 08/08 a 19/09 - 2ªs e 4ªs feiras
Horário - 14h às 16h30h
Público alvo - a partir de 12 anos
Vagas - 15 primeiros inscritos

Artes Cênicas

- Montagem Teatral


Ministrante - Ana Maria Rodrigues
Período - 20/08 a 31/09 - 2ªs e 4ªs feiras
Horário - 14h às 17h
Público alvo - de 12 anos a 18 anos
Vagas - 20 primeiros inscritos

Corpo e expressão

- Encontro de Gestantes - Parto Humanizado


Ministrante - Grupo Bom Parto
Dias - 02 e 16/08 - 5ªs feiras
Horário - 19h
Público alvo - Pais e mães gestantes e interessados.

Dança

- Vem Dançar I - Bolero - Forró e Samba de Gafieira

Ministrante - Maylla Rosa
Período - 20/08 a 31/10 - 2ªs e 4ªs feiras
Horário - 18h30 às 19h30
Público alvo - a partir de 50 anos
Vagas - 20 femininas e 20 masculinas

- Vem Dançar II – Bolero - Forró e Samba de Gafieira

Ministrante: Maylla Rosa
Período: 20/08 a 29/10 - 2ªs e 4ªs feiras
Horário: 19h30 às 21h
Público alvo: Interessados a partir de 16 anos, que tenham noções básicas de dança dos ritmos de samba de gafieira e forró.
Vagas: 20 femininas e 20 masculinas

Serviço

O quê: Inscrições para cursos de artes cênicas, artes visuais, expressão corporal e dança.
Quando: até 7 de agosto
Onde: Oficina Cultural, que fica na praça Clarimundo Carneiro, 204, bairro Fundinho
Mais informações: 3231-8608/ 3223-4996/ 3214-9889 ou
oficinacultural@uberlandia.mg.gov.br

Fonte: Secom/PMU
Imagem: sppert.com.br

“Causos” de RH viram livro

No dia 7 de agosto, terça-feira, às 19h, o psicólogo Nege Calil lança sua primeira obra “Causos de RH e as Lições que Aprendemos com Eles”, pela All Print Editora, na sede da Fiemg Regional Vale do Paranaíba (Av. Rondon Pacheco, 2100). De maneira geral, o livro traz situações reais vivenciadas por pessoas comuns em diferentes empresas, narradas com uma pitada de humor e que provocam reflexões acerca da forma como se faz gestão de pessoas no mundo moderno. Em cada crônica, o leitor se identificará com as personagens, e comprovará que o mundo do trabalho se apresenta de forma semelhante a cada um de nós.

Mineiro de Ituiutaba, Nege cresceu escutando histórias sobre pessoas, conhecidas ou não, que trouxeram lições valiosas para sua vida pessoal. Enquanto profissional de RH, percebeu que relatar os “causos” ocorridos nas empresas era uma forma lúdica de extrair aprendizados significativos e de perceber que as organizações têm muito em comum.

“Este é o propósito deste livro – reunir situações reais, ocorridas com pessoas comuns, e conduzir os leitores a reflexões acerca dos cenários da vida organizacional. São vários “causos” sobre processos seletivos, treinamentos, confraternizações de fim de ano, e muitas outras cenas que retratam, com simplicidade e profundidade, o comportamento humano nas empresas”, define o autor.

Fonte: Anderson Tissa/Serifa

Exposição D´Alma Parisiense à Alma do Cerrado

Após alguns anos sem participar de exposições  em Uberlândia-MG, o barretense Renato Amisy retorna ao espaço cultural do Fórum Abelardo Penna, de 07 a 24 de agosto de 2012, para trazer aos mineiros a sua “Olhos da ALMA”, numa coletiva juntamente  com a artista plástico Renata Sousa, na  exposição  intitulada de  “D´Alma Parisiense à Alma do Cerrado”.

Em abril de 2012, o artista plástico Renato Amisy realizou na cidade de Barretos, na Câmara Municipal de Barretos a exposição  OLHOS DA ALMA, que foi um grande sucesso, atraindo a atenção de associações voltadas aos cuidados com Pessoas com Necessidades Visuais. Os assistidos puderam “enxergar”  através do Toque as obras do artista barretense.

E com a mesma finalidade de incluir estas pessoas com necessidades visuais, Renato Amisy participou, em Paris, da 10ª Edição do Parc Floral de Paris, de maio a junho de 2012, onde suas obras foram autorizadas pela direção do Cercle des Artistes de Paris e pelo próprio artista a serem tocadas. Em dez anos de edição, foi a primeira vez  na história do Cercle des Artistes de Paris/Parc  Floral de Paris, que obras tiveram autorização para serem tocadas, com avisos em francês e em Braille, de “Touch Moi”-“Toque me”.

Para Uberlândia, Renato Amisy preparou algumas obras inéditas para esta participação em Uberlândia, com temas relativos à Natureza Morta e Flores, com os relevos característicos de suas obras. Como suporte, o barretense, utilizou de sobras de madeiras que seriam descartadas por uma marcenaria em Barretos. Este ato de utilizar como suporte madeiras descartadas, vem colaborar com a preservação do meio ambiente com o reaproveitamento de madeiras que seriam jogadas no lixo e poderiam ficar por muito tempo, poluindo nosso planeta.

Portanto, as obras que estão expostas em Uberlândia no Fórum Abelardo Penna, além de serem obras inclusivas, pois permitirão o toque, farão também a função de preservação do meio ambiente retirando do mesmo, sobras de madeiras que seriam descartadas.

Todas as obras terão preços promocionais, que visam a captação de recursos para que o artista possa levar a OLHOS DA ALMA para outros estados e grandes centros e seu retorno a temporada 2013 em Paris e outras cidades francesas como Paris, Trouville e Lyon.

Fonte: Werciley S. Junior
Assessoria de Comunicação Institucional
Núcleo Fórum Abelardo Penna

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Finlandia apresenta ritmos latinos em Uberlândia


No início de 2010, quando o Finlandia iniciou suas atividades, nem mesmo Raphael Evangelista (violoncelo) e Maurício Candussi (piano, acordeão e programações) imaginavam que em menos de três anos seu projeto musical iria tão longe. Já são dois CDs e um EP lançados, o terceiro álbum cheio já está em produção e conta com participações especiais de artistas do Brasil, como a cantora Fernanda Porto, além de músicos da Argentina, Rússia, Alemanha, Finlândia, El Salvador, EUA e Japão. Ao longo desses dois anos já somam shows por mais de 20 países, entre eles Portugal, Itália, Alemanha, Andorra, Finlandia, Chile, Bolívia, El Salvador, Guatemala e, obviamente, Brasil e Argentina.

Raphael é brasileiro, Mauricio é argentino. Conheceram-se nos bastidores dos shows de suas bandas anteriores, mas também se encontraram na vontade de pesquisar as tradições musicais de seus países, mesclá-las e fazer um mix com sonoridades contemporâneas. Do lado brasileiro entraram o samba, o baião, o frevo, a bossa nova. Da argentina a cúmbia, a milonga, o tango. Dos passeios que fizeram pelos demais países da América Latina incorporaram outros ritmos, como o huayno, a saya, entre tantos outros. Além de samplers de instrumentos típicos de cada país.

Por onde passam o público se entrega à batida que pede para o corpo se movimentar. Mesmo de forma tímida a audiência se mexe, nem que seja marcando o tempo com o pé. É assim que em pouco tempo já se foram três tournês internacionais e outras tantas viagens pelos seus países. A imprensa internacional também se rendeu, na Itália o show foi chamado de “espetáculo único” pelo Il Tacco di Bacco. O Baixa do Porto, de Portugal, diz tratar-se de um “concerto fantástico”.

Em 2012 o duo recebeu o prêmio de melhor grupo instrumental, no Prêmio Hangar de Música, em Natal (RN), e a próxima tour internacional pela Europa já tem datas agendadas para 2013. Se o retorno foi mais rápido do que o esperado, parece que a história da dupla ainda tem muitos capítulos pela frente a serem escritos.
Essa história vai passar por Uberlândia no dia 04 de agosto, sábado, na Casa Verde. No repertório estão músicas dos trabalhos anteriores e obras inéditas que estarão em “Dale!”, o próximo cd da dupla.

Serviço:

Casa Verde Sessions apresenta Finlandia
Sábado, 04 de agosto, às 22h
Casa Verde
Rua Johen Carneiro, 6 - Tabajaras
Entrada: R$ 7,00
Classificação indicativa: 18 anos
Info:  (34) 9274-4556

Fonte: Tiago Barizon/Identidade Musical
Imagem: Divulgação


quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Sesc Uberlândia realiza exposição


O Sesc Uberlândia realiza, a partir desta quinta-feira (02/08), o projeto “Exposição experimentações poéticas - professor/artista”. O evento acontecerá na própria Unidade e consiste em uma mostra variada, realizada por dez artistas de diferentes seguimentos, como telas, fotografias, espelhos e intervenções. A programação é gratuita, aberta ao público e acontecerá de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9h ás 17h.

A exposição consiste nos trabalhos realizados por professoras de diversas redes de ensino de Uberlândia, que foram convidadas a montar a mostra. Dentre as artistas estão Eliane Tinoco, Etiene Vilela, Léa Zumpano, Lionísia Goyá, Mara Rúbia Colli, Márcia Sousa, Márcia Zanetti, Marileusa Reducino, Rosângela Ávila e Soraia Lelis.

SERVIÇO

Evento: Exposição experimentações poéticas - professor/artista
Data: 02 a 22/08/12
Local: Sesc Uberlândia, Rua Benjamim Constant, 844 - Bairro Aparecida – Uberlândia/MG.
Hora: segundas à sextas - 9h às 21h | sábados - 9h ás 17 h
Gratuito

Informações para a imprensa: (31) 3279-1479
Informações sobre o evento: (34) 3212-9099

Fonte: Ascom/Sesc

Imagem: sescmg.com.br

sábado, 28 de julho de 2012

Rodrigo Santoro concorre a prêmio por comédia de Hollywood

O  brasileiro Rodrigo Santoro está na disputa pelo prêmio ALMA, dedicado aos artistas latinos que trabalham nos Estados Unidos. Ele foi indicado como melhor ator por seu desempenho em O Que Esperar Quando Você Está Esperando, ainda inédito nos cinemas brasileiros, com estreia prevista para 3 de agosto.

Os concorrentes de Santoro na premiação são Benicio Del Toro (Selvagens), Diego Boneta (Rock of Ages - O Filme) e Andy Garcia (For Greater Glory: The True Story of Cristiada). Já entre as mulheres, foram indicadas Salma Hayek (Selvagens), Eva Mendes (Girl in Progress), Eva Longoria (For Greater Glory: The True Story of Cristiada), Zoe Saldana (Colombiana - Em Busca de Vingança) e Roselyn Sanchez (Ato de Coragem). A cerimônia de premiação acontecerá em 21 de setembro.

Esta é a segunda vez que Santoro é reconhecido em uma premiação por seu trabalho no cinema americano. Em 2007 ele foi indicado ao MTV Movie Awards na categoria de melhor vilão, pela interpretação de Xerxes em 300. O ator voltará ao mesmo papel em 300: Battle of Artemisia, sequência que está em plenas filmagens e chegará aos cinemas americanos em 2 de agosto de 2013.

Fonte: Paramount Pictures
Imagem: Divulgação